terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Bolão do Oscar 2012

A lista dos indicados ao Oscar deste ano me botou na defensiva. Dos filmes que vi até agora, nenhum grande a compõe. Deixou-se de lado o ótimo "Melancolia", o melhor filme do ano passado (pelo menos, o mais pessimista, arrepiante e polêmico) e deram lugar aos dramalhões mais ou menos patrióticos ("Cavalo de guerra"; "Tão forte e tão perto"; "Histórias Cruzadas"), à nostalgia frívola ("Meia-noite em Paris") e ao draminha pessoal com pinta de auto-ajuda e pretensão ecológica ("Os Descendentes"). Compõe o rol de indicados da Academia-politicamente-correta uma atriz negra fazendo papel de doméstica que dá a volta por cima (Viola Davis), um potencial candidato a político interpretando com rigidez igualmente política (George Clooney). Concentraram os prêmios em meia-dúzia de obras. Despejou-se mais de uma dezena de indicações num filme que é inegavelmente bonito e meigo ("O Artista"), mas que ainda precisa ser visto pela crítica mais com a cabeça que com o coração. E "Meia-noite em Paris" ganhou uma insólita indicação para o prêmio de Melhor Roteiro Original, ele que é uma cópia menos competente de tudo o que Allen fez ao longo de sua carreira. De outstanding work, desde meu ponto de vista, só mesmo a atuação de Gary Oldman no "Espião que sabia demais" (filme melhor que uma porção dos indicados, e que ficou fora da lista dos melhores), de Meryl Streep na "A Dama de Ferro" (com menção mais que honrosa para o irresistível Jean Dujardin, de "O Artista"), e sobretudo o iraniano "A Separação", filme sensacional, melhor que todos os indicados na categoria de Melhor Filmes juntos.
Porém, parece que toda a minha falta de empolgação não foi bastante pra me deixar distante do Bolão do Oscar 2012, organizado pelas trabalhadeiras editoras do ótimo DVD, Sofá e Pipoca. Meu amor pelo cinema é, mesmo, maior que tudo!... Então, segue a lista dos indicados com meus pitacos (escolhidos menos pelo meu gosto pessoal que pela lógica da Academia).

MELHOR FILME
Os Descendentes
A Árvore da Vida
Histórias Cruzadas
A Invenção de Hugo Cabret
O Homem Que Mudou o Jogo
Cavalo de Guerra
O Artista
Meia-Noite em Paris
Tão Perto e Tão Forte

MELHOR ATOR
George Clooney - Os Descendentes
Brad Pitt - O Homem Que Mudou o Jogo
Jean Dujardin - O Artista
Demián Bichir - A Better Life
Gary Oldman - O Espião que Sabia Demais

MELHOR ATRIZ
Glenn Close - Albert Nobbs
Viola Davis - Histórias Cruzadas
Rooney Mara - Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres
Meryl Streep - A Dama de Ferro
Michelle Williams - Sete Dias com Marilyn

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Kenneth Branagh -Sete Dias com Marilyn
Nick Nolte - Guerreiro
Max Von Sidow - Tão Perto e Tão Forte
Jonah Hill - O Homem Que Mudou o Jogo
Christopher Plummer - Toda Forma de Amor

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Bérénice Bejo - O Artista
Jessica Chastain - Histórias Cruzadas
Janet McTeer - Albert Nobbs
Melissa McCarthy - Missão Madrinha de Casamento
Octavia Spencer - Histórias Cruzadas

MELHOR DIRETOR
Woody Allen - Meia-Noite em Paris
Terrence Malick - A Árvore da Vida
Alexander Payne - Os Descendentes
Michel Hazanivicous - O Artista
Martin Scorsese - A Invenção de Hugo Cabret

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
A Invenção de Hugo Cabret
Tudo pelo Poder
Os Descendentes
Bridget O'Connor - O Espião que Sabia Demais
O Homem Que Mudou o Jogo

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
Meia-Noite em Paris
O Artista
Margin Call - O Dia Antes do Fim
Missão Madrinha de Casamento
A Separação

MELHOR FILME EM LINGUA ESTRANGEIRA
A Separação (Irã)
Bullhead (Bélgica)
Monsieur Lazhar (Canadá)
Footnote (Israel)
In Darkness (Polônia)

MELHOR LONGA ANIMADO
Gato de Botas
Kung Fu Panda 2
Rango
Um Gato em Paris
Chico & Rita

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
As Aventuras de Tintim
O Artista
O Espião que Sabia Demais
A Invenção de Hugo Cabret
Cavalo de Guerra

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL
"Man or Muppet" - Os Muppets
"Real in Rio" - Rio

MELHORES EFEITOS VISUAIS
Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2
A Invenção de Hugo Cabret
Gigantes de Aço
Planeta dos Macacos - A Origem
Transformers: O Lado Oculto da Lua

MELHOR MAQUIAGEM
Albert Nobbs
Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2
A Dama de Ferro

MELHOR FOTOGRAFIA
Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres
O Artista
A Invenção de Hugo Cabret
A Árvore da Vida
Cavalo de Guerra

MELHOR FIGURINO
Anônimo
O Artista
A Invenção de Hugo Cabret
Jane Eyre
W.E. - O Romance do Século

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
O Artista
Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2
A Invenção de Hugo Cabret
Cavalo de Guerra

MELHOR DOCUMENTÁRIO
Hell and Back Again
If a Tree Falls
Paradise Lost 3: Purgatory
Pina
Undefeated

MELHOR DOCUMENTÁRIO DE CURTA-METRAGEM
God is the Bigger Elvis
The Barber of Birmingham: Foot Soldier of the Civil Rights Movement
Incident in New Baghdad
Saving Face
The Tsunami and the Cherry
Blossom

MELHOR MONTAGEM
Os Descendentes
O Artista
Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres
O Homem Que Mudou o Jogo
A Invenção de Hugo Cabret

MELHOR CURTA
Pentecost
Raju
The Shore
Time Freak
Tuba Atlantic

MELHOR CURTA ANIMADO
Dimanche
The Fantastic Flying Books of Mister Morris Lessmore
La Luna
A Morning Stroll
Wild Life

MELHOR EDIÇÃO DE SOM
Drive
Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres
Cavalo de Guerra
A Invenção de Hugo Cabret
Transformers: O Lado Oculto da Lua

MELHOR MIXAGEM DE SOM
Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres
Cavalo de Guerra
A Invenção de Hugo Cabret
Transformers: O Lado Oculto da Lua
O Homem Que Mudou o Jogo

11 comentários:

As Tertulías disse...

Como sempre é aqui que me atualizo com o "contemporaneo". Obrigado amiga!!!!!!!!!!

Danielle Carvalho disse...

:D Veja "A Separação" urgentemente, Ricardo! E "O Artista", que dá um exercício divertido de caça às referências.

Bjs
Dani

disse...

Ainda preciso fazer minhas apostas...
Tenho quase certeza de que Octavia Spencer ganhará por Histórias Cruzadas, e não Jessica Chastain. Dessa vou ter de discordar de você.
Beijos!

Edison Eduardo d:-) disse...

Então, me atualizando junto com o amigo Antonio... O Artista: eu já vi, gostei mas não creio que leva o de merlhor filme, apesar de ser o mais cotado... Ainda não vi: A separação q está todo mundo gostando!!! Quero vê-lo tb, Margareth Tatcher e o Hugo... Pra mim está de bom tamanho! Vamso esperar a festa do domingo... Bjão, Danielle, saudade sde vc...

Lorena disse...

Seus pitacos estão bem coerentes com alguns que eu já andei lendo pela crítica especializada, Dani! Agora só resta esperar pelo dia 26.

Espero, acima de tudo, que você acerte a categoria a melhor atriz!

Beijos

Danielle Carvalho disse...

, Octavia Spencer é outro nome de peso na categoria, mas aposto em Jessica Chastain não porque a tenha achado nenhuma maravilha, mas porque ela é um nome em ascensão desde "A árvore da vida". Há chance de ocorrer com ela o mesmo que aconteceu à mocinha de "Uma mente brilhante", atriz protagonista que foi rebaixada à categoria de coadjuvante só pra ganhar a estatueta. Como Chastain não teria chance na "Árvore...", a indicaram por "Histórias Cruzadas".

Edison, "A dama de ferro" é um filme divertido, que faz uma leitura da vida de Tatcher sobre o ponto de vista dela, já velha e sofrendo de demência. É uma leitura operística, ágil e que propõe mais entreter que provocar uma leitura crítica da fase política da mulher. Mas vale sobretudo por Streep. Do rol de filmes indicados, o grande é mesmo "A Separação", que eu não perderia se fosse você.

Lorena, na torcida total por Meryl Streep! Pra mim ela tem grandes chances, sobretudo porque já foi indicada trocentas vezes desde que ganhou o último prêmio, há quase 30 anos - merece esse, como marco de suas atuações na maturidade.
Tenho pra mim (eu e a torcida do Flamengo) que vai acontecer uma divisão de prêmios principais entre "O Artista" e "A invenção de Hugo Cabret" no que toca a melhor filme, diretor e roteiro. A não ser que dê uma zebra muito grande... Agora é só ver quem ganha o quê.

Bjs, gente!
Dani

Película Criativa disse...

Parabéns pelas previsões e pelo blog.
Já estou seguindo!

Danielle Carvalho disse...

Obrigada, Película!

Película Criativa disse...

Minhas previsões já estão no ar #Oscar2012

http://www.peliculacriativa.blogspot.com/2012/02/bolao-do-oscar-2012-previsoes.html

Danilo Ator disse...

Parece que não fomos muito bem em matéria de bolão do Oscar rsrsrs. Nunca errei tanto quanto nesse último Oscar. Ano passado até ganhei convite de cinema para o ano todo por ter tirado em primeiro lugar em mais de um bolão. Minha maior dúvida foi entre as atizes, pois Viola ganhou o SAG, o que na lógica lhe daria o Oscar, mas voltei em Meryl, pois o Oscar se deve escolher só no último momento, para se ter certeza qual a tendência mais forte. Achei ótimo o discurso da Meryl, e é triste ver que ela tem razão em parte, quando diz que nunca mais subirá naquele palco de novo em tal situação. Isso deve acontecer, mas só quando ela for o de sempre, irrepreensível. Mas se acontecer outra interpretação que praticamente ultrapasse a linha da excelência, ela fatalmente ganhará o prêmio, evitando o escândalo da injustiça. Erro sempre nos curtas, que nunca chegam aqui. Até o premio de fotografia que desde o meio do ano era certo ser de A Árvore da Vida foi para Hugo. Bem, o Oscar SEMPRE consegue surpreender a todos e tenho muito prazer vendo a festa, que ainda (não sei até quando) consegue ser a mais glamourosa e prestigiada de todas; o artista que disser que liga para o Oscar está mentindo no fundo. Particularmente num Oscar em que Danilo Alves comandasse as coisas os favoritos seriam títulos como A Árvore da Vida, Melancolia, Cópia Fiel, A Separação e A Pele que Habito; e Tilda Swinton estaria na disputa das atrizes. Infelizmente tive de ver a festa pela Globo, que desrespeita até o intolerável o cinéfilo, nem sequer tendo o bom senso de encurtar o BBB, como faz nos dias de desfile das Escolas de Samba; se a emissora não quer transmitir na íntegra por que insiste em ter os direitos de transmissão? Bons tempos os do SBT, que passava especiais uma semana antes, tinha o Rubens comentando e ainda reprisava um compacto no outro sábado. Abraço grande e tomara que ano que vem a gente tenha mais sorte (vão me fazer falta os convites rsrsrrs).

Danielle Carvalho disse...

Oi, Danilo!

:D :D, pois é! No bolão de que participei eu não fiquei na lanterna por bem pouco...
Na verdade, mesmo com todo o favoritismo, eu não imaginei que seria possível Hollywood dar todos os prêmios principais para "O Artista", que está longe da excelência de "Hugo Cabret". Ainda mais sabendo que é de lá que saem os investimentos para a tecnologia de ponta (e Scorcese mandou bem demais no uso dela!). Porém, ainda bem que não deram pra aquele dramalhão da Viola Davis (e ainda bem que finalmente premiaram Meryl Streep, porque eu já estava cansada de vê-la sempre indicada e preterida, mesmo quando desempenhava excelentes papéis). E ainda bem, sobretudo, que deixaram Clooney de molho por mais um tempo e botaram em destaque o fofo Dujardin (que poderia continuar fazendo silents forever; eu veria todos!...). "Arvore da vida" não fez minha cabeça, mas a fotografia era seu forte. Eu imaginava ver o filme premiado pelo menos por isso.
Mas o pior de tudo foi você ter perdido os ingressos, afinal, isso é a única coisa que objetivamente te afeta da coisa toda, né? :D

Bjs e inté mais
Dani